Qual é o seu tipo de pele?

Você conhece seu tipo de pele? Não sabe de quais produtos você precisa?

Estes são os tipos de pele que podemos encontrar e as causas:

Se tivermos uma PELE SECA diante de nós, a primeira coisa a considerar é que pode ser o resultado de dois fenômenos diferentes; Pode ser a expressão de uma falta ou perda excessiva de água, que conhecemos como desidratação, ou pode ser causada por secreção sebácea insuficiente que causa um estado alípico. Portanto, quando pensamos no tratamento deste tipo de pele, temos que procurar por um lado princípios ativos que promovam a retenção de água no estrato córneo e que garantam uma produção correta de água nas camadas mais profundas da epiderme. Mas além disso, por outro lado, temos que devolver a secreção sebácea correta à pele para que tenha uma emulsão epicutânea perfeitamente equilibrada.

No caso da PELE OILY sabemos que o problema não é apenas uma secreção sebácea excessiva, mas outras alterações como acne, desidratação, intolerância, irritações ... Tudo isto significa que perante a pele oleosa devemos procurar componentes ativos que normalizem a atividade das glândulas sebáceas dando um aspecto fosco, liberando a pele dos comedões, evitando a formação de manchas de acne graças a uma ação antimicrobiana, e tudo isso de forma suave e eficaz

Se agora consideramos como tratar a PELE SENSÍVEL, temos que pensar que ela, como as pessoas sensíveis, deve ser tratada com delicadeza. Os princípios ativos para o tratamento desse tipo de pele devem ser capazes de descongestionar, acalmar e aliviar possíveis vermelhidão, coceira e irritação. Eles irão produzir uma saturação da pele em lipídios e um ótimo grau de hidratação, que garantem a elasticidade e flexibilidade perfeitas da pele. Por fim, não podemos esquecer de proteger, tonificar e regular a permeabilidade dos capilares sanguíneos superficiais.

Quando procuramos componentes ativos para o tratamento da PELE MADURA, temos que pensar naqueles que atacam a desvitalização da pele típica deste tipo de pele, tendo ao mesmo tempo uma ação preventiva. Terão que ser capazes de prevenir e contrariar a flacidez, o aparecimento de rugas, o ressecamento da pele, a perda de firmeza ... enfim, todas aquelas alterações próprias da maturidade.

Por fim, não podemos esquecer a PELE NORMAL, que devemos preservar das agressões ambientais e na qual é imprescindível atuar preventivamente para que continue preservando seu estado.

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos