Saiba que tipo de cabelo você tem

Cabelo  é um elemento do organismo característico dos mamíferos. Entre suas funções está a proteção contra fatores externos, sendo também um atributo de saúde e beleza. O cabelo se origina do folículo piloso e muitos componentes estão envolvidos em seu desenvolvimento que, em última instância, compõem o tipo de cabelo. Também varia com a idade e o estilo de vida. Ao lado da raiz do cabelo estão as glândulas sebáceas, que produzem óleo ou sebo. Essa gordura serve para proteger o couro cabeludo e o cabelo de agentes externos.
O cabelo - como outros elementos do corpo - é determinado geneticamente por diferentes fatores e possui um alto componente hereditário, de forma que características são herdadas dos pais para os filhos, como cor do cabelo, espessura, etc.

Podemos classificar o tipo de cabelo com base em diferentes parâmetros:

Quantidade de óleo no couro cabeludo (oleoso, seco, normal)
Quantidade de água no cabelo
Espessura do cabelo
Cor de cabelo
Forma do cabelo (liso, cacheado, etc.)
Deixamos o restante dessas classificações para outro post focar nesta ocasião apenas na produção de gordura pelas glândulas sebáceas.

Tipos de cabelo
Nessa classificação encontramos cabelos oleosos, cabelos secos e cabelos normais. A seguir explicamos as características de cada um deles para que você possa determinar que tipo de cabelo você tem.

Você tem cabelo oleoso?
Cabelo oleoso: é o que contém em sua cobertura uma maior quantidade de gordura. As glândulas sebáceas, responsáveis ​​pela produção da gordura que faz parte da proteção natural dos cabelos e também da pele, produzem uma quantidade maior de gordura. São cabelos que no final do dia ficam emaranhados de gordura. Eles brilham por causa da gordura e a pessoa pode ter a aparência de não estar bem arrumada.

As glândulas sebáceas com a idade podem produzir menos gordura, por isso é mais comum encontrar cabelos oleosos na população jovem e cabelos secos em pessoas mais velhas.

O sexo também influencia a produção das glândulas sebáceas. Nos machos, a produção sebácea é maior do que nas fêmeas. É por isso que o cabelo oleoso ocorre com mais frequência em homens.

Cabelo seco, seu pior inimigo?
Cabelo seco: é o cabelo com pouca gordura. Ao contrário do cabelo oleoso, a produção de óleo pelas glândulas sebáceas geralmente diminui.

Pessoas com cabelo seco também tendem a ter couro cabeludo seco. Esta secura nesta área da pele pode causar coceira e descamação. O couro cabeludo seco pode ser desconfortável.

A baixa quantidade de gordura evita que a água do cabelo fique no cabelo, por isso o cabelo seco também fica desidratado.

Cabelo normal, cabelo equilibrado
Cabelo normal: é o cabelo que contém uma quantidade equilibrada de gordura: não apresenta excesso ou déficit de gordura. Sua aparência é cabelo brilhante e de boa aparência ou aparência saudável.

Seja qual for o cabelo que você tenha, o cuidado e a higiene do cabelo são muito importantes para manter o equilíbrio. Os produtos que utilizamos para o cuidado e higiene capilar devem ser cuidadosamente formulados para se adaptarem ao tipo de cabelo que temos.

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos